Cod. SIMP017 - RESUMO


Título:  PRÁTICAS ESCRITAS NA ESCOLA: A ESPECIFICIDADE DO MODO DE ENUNCIAÇÃO ESCRITO

Coordenadores/Instituições:
PASCOALINA BAILON DE OLIVEIRA SALEH (UEPG; PPG EM FILOLOGIA E LÍNGUA PORTUGUESA DA USP/PNPD CAPES)
ELIANA VASCONCELOS DA SILVA ESAVEL (UFPB)
MANOEL LUIZ GONÇALVES CORRÊA (DEBATEDOR – USP)

Resumo: Este simpósio tem por objetivo ampliar as discussões que têm sido realizadas no grupo de pesquisa CNPq Práticas de leitura e escrita em português língua materna. Parte do pressuposto de que a fala e a escrita dispõem dos mesmos meios, porém cada uma delas os organiza de maneira específica, dando lugar a diferentes modos de enunciação. Diante disso, propõe como foco de discussão a especificidade do modo de enunciação escrito e suas implicações para o ensino da escrita como prática social, considerando também sua dimensão dialógica e realização por meio de gêneros discursivos. Assim, acolhe propostas de diferentes perspectivas teórico-metodológicas, resultantes de trabalhos de pesquisadores docentes e discentes que abordem temas como: a relação entre a fala e a escrita; a inerente heterogeneidade da escrita; aspectos linguísticos, textuais e discursivos característicos de gêneros escritos; a escrita em meio digital e nas redes sociais, práticas de escrita em contexto escolar e não escolar, dentre outros. Espera-se, portanto, trazer à baila novos problemas, questionamentos e reflexões em torno de temas já bastante discutidos, mas que ainda apresentam desafios aos pesquisadores e profissionais do ensino.  Além disso, pretende-se que as discussões conduzam para ações efetivas que contribuam com a melhoria da qualidade do ensino-aprendizagem da escrita.

Palavras-chave: Escrita; enunciação; práticas de linguagem; ensino.